O Triunfo da Raça Bulldog

O Triunfo da Raça Bulldog

A história dos cães traz o registro de um grande marco: O Triunfo da Raça Bulldog.

Atualmente, o Bulldog é um cão muito diferente dos seus ancestrais.

No decorrer de sua origem, deixou de ser um cão feroz e se tornou uma espécie canina dócil e amável.

Origem da Raça Bulldog

Descendente de cães antigos do tipo mastim, a raça Bulldog foi desenvolvida inteiramente na Inglaterra.

Primordialmente, a primeira menção à raça foi em 1500, em uma descrição de um homem “com dois Bolddogges em seu rabo…”

Então, os ferozes cães eram usados ​​em uma prática chamada ‘isca de touro’, que envolvia o cão agarrando o nariz do touro.

Nesse contexto, a isca de touros realmente tinha um propósito: amaciar a carne do touro.

Portanto, por muitos anos, dizia-se que essa prática ‘afinava’ o sangue do touro e tornava sua carne macia após ser abatida.

Tal crença era tão forte que muitas áreas na Inglaterra tinham leis que exigiam a isca de touros antes de serem abatidos.

Características do antigo Bulldog

A princípio, esses Bulldogs antigos eram mais altos e mais pesados ​​que o Bulldog de hoje.

Só para ilustrar, possuíam bocas largas e mandíbulas poderosas para agarrar sua presa.

Aliás, possuía nariz curto e achatado permitindo manter a sua respiração enquanto segurava o focinho de sua presa.

Já a alta tolerância do Bulldog à dor foi desenvolvida para aprimorar sua capacidade de se destacar em suas caças.

Após o término da prática da isca de touro, em meados do ano de 1835, muitos pensaram que o Bulldog desapareceria.

Já que naquela época, o Bulldog não era um companheiro afetuoso.

O Triunfo da Raça Bulldog

Apesar disso, muitas pessoas admiravam a resistência, força e persistência do Bulldog.

Então, decidiu-se salvar sua aparência e re-criar a raça para ter um temperamento doce e gentil.

Assim o Bulldog foi sendo redesenhado.

Nesse ínterim, os criadores de Bulldog começaram a selecionar apenas os cães que tinham um temperamento dócil para procriar.

Logo, ao focar no temperamento do Bulldog, seus criadores transformaram-no em no cão gentil e afetuoso que vemos hoje.

Expansão da Raça Bulldog

Sendo assim, os criadores começaram a mostrar os Bulldogs em shows na Inglaterra, em meados de 1859.

Já em 1886, um Bulldog chamado Bob foi registrado no  AKC – American Kennel Club.

Mas somente no ano de 1890 que a raça teria sido reconhecida de fato pelo American Kennel Club.

Durante as décadas de 1940 e 1950, os Bulldogs estavam perto das 10 principais raças em popularidade.

Atualmente, o Bulldog ocupa o 12º lugar entre as 155 raças e variedades registradas pelo AKC.

Tipos de Bulldog

A princípio, há indícios que ao longo da história de sua criação, os Bulldogs teriam sido categorizados em quatro tipos:

  • Francês;
  • Inglês;
  • Americano;
  • Campeiro.

Bulldog Francês

Especificamente, o Bulldog Frances teria surgido na França, por volta do ano de 1800.

Fisicamente costuma apresentar-se de tamanho pequeno chegando a pesar no máximo 14 kg, com altura máxima de 35 centímetros.

Bulldog Inglês

Já o Bulldog Inglês para os primeiros cães que surgiram na Inglaterra, em meados do século XVIII, dando origem a raça.

Originalmente, tratava-se de um cão feroz e de grande porte, todavia, com o passar dos anos, o animal foi modificado e se transformou em um ótimo cão de companhia.

Fisicamente, possui o focinho curto e pelos finos.

Na ocasião chegava a medir até 40 centímetros de altura e pesava cerca de 25 quilos.

Bulldog Americano

A saber, o Bulldog Americano teve sua origem nos Estados Unidos.

Antigamente os Bulldogs atuavam com pastoreio de gado, mas atualmente é uma excelente raça de cães de guarda.

Geralmente se apresenta com porte avantajado, possuindo pernas fortes e musculosas.

Bulldog Campeiro

Talvez pouco conhecido, o Bulldog Campeiro teria surgido em solo brasileiro.

Especificamente, o Bulldog Campeiro é mais visto na região sul do país auxiliando no cuidado com o gado.

Fisicamente, é parecido com os seus companheiros, mas se destaca em apresentar uma cabeça mais larga.

Além disso, se sobressai em suas medidas ao alcançar cerca de  58 centímetros de altura e podendo pesar até 45 quilos.

O Triunfo da Raça Bulldog

Em resumo, mais do que qualquer outra coisa, o Bulldog é um triunfo da capacidade humana de reabilitar uma raça inteira.

Bem como, transformá-la em uma companheira desejável e afetuosa por meio de práticas de criação atenciosas e dedicadas.

Tudo porque alguns criadores dedicados tiveram paciência, conhecimento e uma visão de que o Bulldog poderia ser melhor.

Adote um cãozinho da raça Bulldog e tenha a certeza de quer ele será um excelente companheiro.