O amor de uma mãe canina

O amor de uma mãe canina

De fato, é importante reconhecer o amor de uma mãe canina, principalmente no primeiro sinal de amor e proteção para filhotes recém-nascidos.

Nesse contexto, preparamos um post especial sobre os primeiros momentos desta imensidão de amor da mamãe canina.

Acompanhe…

Primeiras semanas de amor de uma mãe canina

Primeiras semanas de amor de uma mãe canina

Sem dúvida, já nas primeiras três semanas após o nascimento dos filhotes, a mãe dá-lhes muita atenção e cuidado.

Logo, o que você verá no primeiro dia é uma mãe que não quer ficar longe de seus filhotes por mais de um segundo.

Como nascem incapazes de ver, ouvir ou andar, os filhotes são completamente dependentes de sua mãe.

Assim, essas primeiras semanas são extremamente cruciais na vida da mamãe de cães filhotes.

A saber, estima-se que filhotes de cachorro gastam cerca de 10% do tempo comendo e os outros 90% dormindo.

Então, o trabalho de uma mãe canina nos primeiros dez dias de vida de seus filhotes (conhecido como período neonatal) é atender a todas as suas necessidades.

Mesmo precisando de atenção e cuidados com a sua saúde, a mãe zela desde a nutrição até a ajuda na eliminação de resíduos de seus filhotes.

Continuidade no trabalho da mamãe de cães filhotes

Continuidade do amor maternal canino

Por volta da terceira ou quarta semana, a transição para a alimentação sólida começa e o impulso dos filhotes para amamentação diminui.

Assim sendo, eles se tornam menos dependentes da mãe para o leite, havendo um declínio em sua lactação.

Quando nascem, as habilidades motoras dos filhotes são inexistentes, mas na quarta semana elas começam a se tornar concisas.

Portanto, nesta fase acontece também uma transição para a independência do filhote.

Independência dos filhotes

À medida que a independência dos filhotes aumenta, o mesmo acontece com o nível de atividade deles.

Eles começam a explorar sua área circundante e a fortalecer suas conexões sociais com os humanos.

Inicialmente, uma mãe canina é muito protetora nos primeiros dias.

Mas depois de alguns dias, a mãe deixa outras pessoas se aproximarem de seus bebês.

Logo, este período de desenvolvimento social é um momento extremamente crucial para filhotes de cachorro.

Pois eles precisam interagir com outras pessoas e animais, bem como se acostumar com as visões e os sons à sua volta.

Apoio no amor de uma mãe canina

À medida que um filhote cresce e se torna mais independente, o papel da mãe canina vai mudando

Logo, muda de apoio, direção e proteção para um sentimento que incentiva a autoconfiança.

Neste período ocorre o aprendizado da linguagem de comunicação canina.

Além disso, também acontece nesta fase a compreensão sobre a hierarquia dentro de grupos.

Mesmo amando de forma incondicional, a mãe canina deseja que seus filhotes se tornem seres independentes dela.

A saber, por volta de oito semanas de idade, os filhotes geralmente já conseguem lidar com o fato de ir para uma nova casa.

O amor de uma mãe canina nunca acaba

O amor de uma mãe canina nunca acaba

Então, com a independência do filhote, vem a fase da despedida entre mãe canina e seu cãozinho.

Inicialmente, a mãe pode se sentir perdida sem sua ninhada e mostrar sinais de depressão.

A princípio, este comportamento pode se apresentar durante alguns dias após a partida dos seus filhotes.

Saudade do amor da mãe canina

Num primeiro momento, a completa separação de sua mãe e de seus irmãos pode ser assustadora para um filhote de cachorro.

Dessa forma, é natural que ele chore ou lamente durante o período de adaptação em seu novo lar.

Portanto, esse será um período em que os novos tutores dos filhotes precisão de paciência e compreensão.

Mas com amor e socialização, o filhote logo se adaptará ao novo ambiente.

adaptação do filhote no novo lar